Abrir Empresa Com Pouco Dinheiro

10 melhores ideias de negócio para abrir empresa com pouco dinheiro

Hoje tomo a liberdade de analisar a matéria publicada em janeiro de 2013 pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios (PEGN) sobre os mercados mais quentes para abrir empresa em 2013, adaptando a realidade dos investimentos expostos nela, para a realidade financeira do microempreendedor individual ou MEI.

Assim como fiz na série 50 ideias para montar a sua empresa com menos de mil reais, uso a criatividade para tirar ideias do papel e possibilitar que qualquer pessoa, mesmo aquela com poucos recursos consiga abrir um negócio próprio.

1. Abrir empresa de delivery de sucos naturais

A revista sugere a montagem de quiosques de venda de açaí e um investimento de R$215.000, mas adaptando essa sugestão e este valor de investimento para os recursos financeiros curtos do microempreendedor individual, a minha sugestão para quem deseja abrir empresa na área de alimentação investindo pouco, é criar uma empresa de entrega de sucos para escritórios das redondezas da sua residência.

O segredo para escalar uma empresa deste tipo e fazê-la crescer, é pegar parte dos ganhos e reinvestir no próprio negócio, comprando um freezer novo, polpas de fruta de melhor qualidade, uniforme para os entregadores, etc.

A pessoa que criar um bom plano passo a passo para abrir empresa neste ramo de negócio, pode ganhar muito dinheiro neste mercado que movimentou R$180 bilhões em 2011.

2. Abrir empresa de salão de beleza masculino com atendimento em casa

Eu tenho uma preguiça danada de ir até a barbearia ou cabeleireiro fazer a barba ou cortar cabelo.

Ir até lá já é um negócio chato e ficar esperando para ser atendido é algo mais cansativo ainda.

Apesar de saber que existem salões de beleza especializados no público masculino, como sugere a revista, para quem é da área de beleza e bem-estar e pretende abrir empresa própria neste setor, pode se dedicar investindo um pouco de dinheiro em si mesmo para melhorar a própria imagem e a apresentação para ir até a casa de clientes regularmente oferecendo corte de cabelo e barba.

O microempreendedor individual que tiver essa iniciativa ganhará clientes fixos e de confiança duradoura, assim como viabilizará o aumento da sua receita mensal progressivamente.

Investir em bons equipamentos e um meio de transporte ágil para se deslocar na cidade é essencial.

3. Abrir empresa de consultoria para lojas virtuais

O comércio eletrônico está em alta crescente.

Por conta deste alto volume e participação de uma grande parte da sociedade nas compras deste setor, muitos empresários estão ansiosos por colocar suas lojas online, apesar da pouca informação que possuem a respeito desse segmento.

É neste ponto que uma brecha no mercado se abre para o consultor de lojas virtuais, alguém que entende do mercado digital, conhece as novas tendências e está associado a bons fornecedores de ferramentas, como lojas virtuais, para entregá-las ao cliente que deseja montar o seu comércio eletrônico.

O microempreendedor que quiser abrir empresa nesse mercado, deverá ter boa formação e estudos de caso próprios para demonstrar credibilidade frente a seus clientes em potencial e a forma mais adequada de atrair esses clientes, é investindo na educação deles com cursos online e presenciais.

4. Abrir academia ao ar livre

Na revista há a sugestão de montagem de uma academia sustentável, com reutilização de água e iluminação natural, que abre um mercado novo para o profissional que já trabalha como personal trainer.

Profissionais da área de educação física, têm aí uma oportunidade de abrir suas próprias academias ao ar livre cobrando mensalidades de seus clientes para levá-los até um parque e praticar exercícios físicos.

Olhando o negócio de onde estou, percebo realmente uma grande oportunidade para as grandes cidades onde existe pouco contato físico com a natureza, até mesmo no Rio de Janeiro, onde as pessoas se acotovelam em academias.

O professor conta com a vantagem de trabalhar poucos horários no dia e ganhar mais que em uma academia como professor apesar de cobrar menos de seus clientes que uma academia formal.

5. Abrir empresa de coordenação de projetos digitais

Eu já recebi esta demanda e neguei por não conhecer a tecnologia que o cliente iria trabalhar, mas enxerguei uma grande oportunidade para quem pretende abrir empresa própria e não possui nem recursos financeiros ou humanos suficientes para montar uma equipe e desenvolver projetos personalizados.

Como coordenador de projetos digitais um profissional da área de TI pode ser contratado por seus clientes para coordenar seus projetos online contratando, inclusive, pessoas fora do país através de sites como o Freelancer ou o Elance para executar esses projetos.

eBook Recomendado: 130 ideias de negócio para abrir empresa com menos de mil reais.

Fazendo um bom trabalho de gerência, o profissional pode economizar muitos recursos financeiros do seu cliente e diminuir os riscos de implementação do projeto eliminando seus atrasos junto da equipe co-alocada. Um curso de línguas e experiência em gerenciamento de projetos e nas linguagens de programação utilizadas no projeto são necessárias.

6. Abrir empresa de consultoria de RH para pessoas de baixa renda

Essa semana assisti e compartilhei o vídeo do Dr. Consulta, clínica de São Paulo, que presta atendimento médico de qualidade a pessoas de baixa renda.

Quando li essa sugestão, de consultoria de RH para pessoas de baixa renda na revista PEGN, que já é realizada por algumas empresas atualmente, percebi uma oportunidade grandiosa para os profissionais de RH que estejam insatisfeitos com o cubículo no qual trabalham, pois poderiam prestar esse tipo de consultoria através de cursos, pequenos manuais e ligações por skype para quem precisa realmente de uma orientação.

Mesmo as pessoas de baixa renda, entendem a necessidade de se posicionarem melhor no mercado e também almejam uma estabilidade de carreira e nada mais justo do que os profissionais de RH criarem um modelo de negócio eficiente onde ambos os lados ganham para ajudar estas pessoas.

7. Abrir empresa de entrega de produtos de higiene pessoal e limpeza

Quantas vezes, na sua casa, não faltou um detergente, um achocolatado ou até papel higiênico? Para quem vive no corre-corre do dia-a-dia às vezes é complicado manter a agenda de compras básicas no supermercado e principalmente pesquisar preços antes de sair às compras. Para isso, surge essa oportunidade de mercado onde uma pessoa faz as compras básicas das outras, estabelecendo perfis de produtos para a classe social que atende e fazendo a entrega pontualmente nos dias especificados.

Toda casa precisa de produtos básicos de higiene e limpeza e, neste modelo, o lucro pode vir da compra em massa de determinados produtos para oferecê-los a seus clientes num preço mais barato que o do mercado mais próximo da casa dele. Organização e boa apresentação são requisitos básicos para montagem de uma clientela de qualidade.

8. Abrir empresa de lavagem de carro em casa

Outra boa ideia voltada para aqueles que não possuem tempo é esta que entrega um serviço de lavagem de carro de qualidade na casa do cliente.

Na garagem de um prédio por exemplo, existem diversos clientes em potencial para este negócio.

Clientes estes que ao invés de quererem se preocupar com a lavagem do seu carro, querem conforto acima de tudo.

Se o empreendedor ainda agregar a este serviço o uso de equipamentos ecológicos que não consomem água como os sugeridos na revista, é lucro na certa, principalmente em cidades como Curitiba, onde moro, em que o número de carros é grande e o tempo frio nos ajuda a não querer sair de casa. os preguiçosos pagam para os não preguiçosos fazerem o seu trabalho. 🙂

9. Criar site de venda de resíduos de obra

Quando fazemos obra em casa, além de ser um terror os restos de obra espalhados por todo lugar, o que mais nos preocupa e dá dor de cabeça, são os restos de metal, madeira, tijolo, cimento, entre outros, que não sabemos onde jogar. Contratar um transporte especializado deste tipo de resíduo pode ser uma boa alternativa, mas existem pessoas que tirariam eles das nossas vistas gratuitamente.

No projeto do Liceu que montamos em Campo Largo (PR), vez ou outra, conseguimos doações de pisos de tacos, telhas, cadeiras, etc., para nossas obras. Coisas que as pessoas iriam jogar fora ou pagar para alguém remover das suas casas, foram removidas gratuitamente por nós. Em um Brasil tomado por obras em todas as cidades, manter um site com anúncios destes “restos de obra” ou “coisas para doação” pode ser interessante e o proprietário do site pode ganhar cobrando pequenas taxas de quem anunciar, desde que sejam mais baratas que a própria remoção do entulho em si.

10. Abrir empresa de curso online

Você pode criar um site que ofereça cursos online, mas também pode abrir empresa que ofereça estes cursos através de outros sites como o internacional UDemy.

A demanda por educação no país é grande e existe espaço para todo mundo, desde quem pretende ensinar como fazer panquecas até quem almeja ensinar física através da tela do computador.

O ponto forte aqui é descobrir onde está o seu público para lhe oferecer o melhor curso online que puder dentro daquele segmento.

É claro que o investimento em câmera e som de qualidade, além de edição são coisas válidas, mas não pense em problemas antes de iniciar o seu negócio.

Primeiro vá até o mercado, mostre a sua cara e teste a recepção da sua mensagem. Com o tempo você vai aprimorando as coisas onde possui deficiência e melhorando o serviço que entrega.

Curta e compartilhe!

Gostou deste artigo? Então compartilhe ele nas redes sociais com seus amigos e anime-se para abrir a sua própria empresa.

Considere também baixar o nosso e-book com diversas ideias de negócio reunidas em vários segmentos do mercado. Clique aqui e faça download.

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

Junte-se a 102 outros assinantes

Sobre Negócio do Zero

Portal onde empreendedores de primeira viagem encontram o que precisam para criar e profissionalizar seus negócios.

Nossos parceiros de conteúdo...