Tendência de franquias para 2017

As 12 maiores tendências de franquias para 2017

Especialistas em franquias apontam as melhores tendências de franquias para 2017.

Alguns acreditam que 2017 deve marcar o início de uma retomada na economia, o que pode trazer algum alento para quem sonha em empreender.

Assim como em outros setores, no de franquias um dos pontos de atenção para 2017 é a busca por atender uma nova geração de consumidores.

“Entendemos que no ano que vem deva haver uma retomada na economia, não a todo vapor, mas devemos ter uma performance melhor do que a deste ano no setor de franquias”, afirma Altino Cristofoletti, vice-presidente da ABF (Associação Brasileira de Franchising).

Para Melitha Novoa Prado, consultora no tema, essa nova forma de se relacionar também afeta a relação das franqueadoras com os franqueados. “Tenho grandes dúvidas se vamos sobreviver no modelo de franchising antigo de ‘eu sei tudo e você não sabe nada’. Os relacionamentos estão mudando”, analisa.

Mas atenção: não é uma boa ideia investir numa franquia apenas levando em conta o momento da economia ou a tendência do momento.

“A decisão de entrada no franchising não deve ser em função daquilo que está no centro das atenções, mas sim em função daquilo com que a pessoa tem mais afinidade”, alerta Cristofoletti.

Lista de tendências de franquias para 2017

1 – Alimentação saudável

A onda dos alimentos orgânicos, sem glúten ou lactose tem espaço para crescer como uma das tendências de franquias para 2017, inclusive para animais, afirma Claudia Bittencourt.

2 – Terceira idade

Os negócios para essa população vão crescer muito. E um nicho que tem bastante potencial é o daqueles que buscam unir saúde com algo mais prazeroso, como pilates ou yoga para idosos.

3 – Economia compartilhada

O modelo de negócio do Uber e do Airbnb, em que a pessoa usa algo que ela já tem para gerar renda, também tem chamado a atenção dos empreendedores e pode ser inspiração para novas franquias.

4 – Serviços

Setores como manutenção, diarista, contabilidade, compra de supermercado são alguns exemplos. São modelos em que o franqueado tem o papel de microempresário.

5 – Marketing digital

Hoje no Brasil existe mais celular do que gente, e grande parte desses aparelhos são smartphones. Portanto, ainda existe muito espaço para os negócios de marketing digital para quem quiser em um modelo de franquias em 2017.

6 – Beleza

Dentro deste segmento, uma possível tendência é a dos negócios focados no público masculino. Esse é um setor que sempre foi muito voltado para as mulheres, então talvez o foco nos homens seja uma oportunidade maior. Temos visto surgirem as barbearias retrôs, por exemplo.

7 – Conserto de veículos

As pessoas ficaram mais preocupadas em manter seus carros, então houve um desenvolvimento dessa área de serviços relacionados a veículos. Isso deve ter uma continuidade.

8 – Cross selling

Acredito que dentro do franchising devem começar a acontecer mais negócios cruzados. Talvez quiosques de alimentos saudáveis dentro das academias, por exemplo.

9 – Cursos profissionalizantes

Ainda como consequência da crise econômica, um setor que tem potencial para crescer é o dos cursos profissionalizantes. O mercado de trabalho está mais difícil, então a pessoa busca um curso com alguma especialidade para conseguir se recolocar.

10 – Comida em casa

As pessoas têm estado menos em casa, e isso exige uma alimentação fora, ou ainda algo que ele possa levar para casa e que facilite a sua vida. Podem ser congelados, ou ainda um serviço em que a pessoa compre por porção.

11 – Hamburguerias

Antes hambúrguer era só Burguer King e Mac Donald’s. Ou então aquelas lanchonetes de bairro. Agora tem essas tipo butique, que não são tão fast food. É um negócio que tem tudo para dar certo.

12 – Novas academias

Você também já deve ter visto por aí novas academias – mais enxutas e mais baratas. Pois essa também pode ser uma tendência interessante para o próximo ano. São academias menores, mais acessíveis e que permitem ao aluno usar os meios digitais para marcar aula, por exemplo.

Sobre Marcos Rezende

Marcos Rezende é criador e principal editor do portal Negócio do Zero, além de ser também professor e orientador de empreendedores no Curso Online de Criação de Negócios do Zero voltado para quem deseja abrir o seu próprio negócio sem colocar em risco a segurança da sua família e de suas reservas financeiras.