Gabriel e Lívia Lorenzi saíram do mundo corporativo e abriram o Grupo Dicas que já se tornou uma das maiores redes de sites de viagem do Brasil

Paixão por viagens inspira casal a criar sua própria empresa

De acordo com cálculos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), com base na Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de pessoas que trabalham por conta própria subiu de 17,9% (janeiro de 2013) para 19,8% (novembro de 2015).

Além disso, atualmente, aproximadamente 44% dos brasileiros sonham em ter o próprio negócio, frente aos 25% que almejam seguir carreira como empregado, segundo informações da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor 2012 (GEM), realizada pelo Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP).

Fazendo parte das estatísticas, há sete anos, o publicitário, Gabriel Lorenzi, viajou, pela primeira vez, para Orlando e Miami com a esposa, Lívia Lorenzi. Quando voltaram para o Brasil, Lorenzi decidiu criar o blog de viagem Dicas da Flórida com dicas para os brasileiros que planejavam embarcar para as cidades norte-americanas.

Com o conhecimento que tinha em Marketing Digital, Lorenzi se dedicou e, em pouco tempo, o blog começou a ter um crescimento surpreendente alcançando números significativos que os levaram a rentabilizar o blog.

Na época, mal sabiam eles que ali nascia o quer seria, anos mais tarde, o Grupo Dicas. “Um ano após a viagem para Flórida, fizemos um intercâmbio para a Califórnia e resolvemos criar o blog de Las Vegas.

Em pouco tempo o site teve o mesmo sucesso do anterior e a partir daí nasceu o de Nova York, Barcelona, Paris, Londres e o de Lisboa”, recorda o empreendedor.

AULA ONLINE: recomendo que você assista a essa aula e descubra o passo a passo para montar o seu negócio online a partir do zero.

Tocando o negócio em paralelo com a sua carreira, Lorenzi seguiu trabalhando “madrugadas a fio” para manter os blogs. Somente no final de 2014, ao perceber que o negócio era viável, resolveu largar sua carreira e unificar os blogs abrindo oficialmente a empresa Grupo Dicas.

Em poucos meses os números de acessos dobraram e os parceiros cresceram ainda mais e, em seis meses depois, a esposa, Lívia, deixou a carreira de pesquisadora clínica em uma grande empresa de cosméticos, e embarcou de vez no negócio. “Largar o emprego foi uma decisão difícil, mas quando eu senti a confiança que precisava e que tinha um negócio sólido nas mãos, não pensei duas vezes em arriscar tudo e seguir em frente nessa nova jornada.

“Foi preciso muita coragem, anos de dedicação e noites de sono perdidas, mas valeu cada esforço. Hoje, poder ter a nossa própria empresa, fazendo o que a gente ama, tendo resultados e dividindo toda essa experiência com a minha esposa, mulher que eu amo e que sempre me apoiou, é sensacional”, admite Lorenzi.

Com a paixão da dupla por viagem e o conhecimento de todos os destinos, o sucesso da empresa era inevitável, hoje, o Grupo Dicas conta com mais de 12 sites de viagem que somam por mês uma média de 1,5 milhões de páginas vistas; uma média de 500 aluguéis de carros vendidos; 300 seguros viagens; 150 reservas em hotéis; e mais de 100 chips de telefonia internacional.

Neste ano, criaram outros blogs sobre mais destinos turísticos: Califórnia, Disney e Orlando, Amsterdã, Berlim, Itália, Miami, Canadá, Chile, Argentina e o de Dicas de Aluguel de Carro.

Além de recém-lançarem dois sites em inglês para atingir o público internacional, o Trip Tips Las Vegas e o Tips Trip Florida.

Fonte: Assessoria de Imprensa

AULA ONLINE: recomendo que você assista a essa aula e descubra o passo a passo para montar o seu negócio online a partir do zero.

Clique aqui para assistir ao vídeo extra.

Sobre Marcos Rezende

Marcos Rezende é criador e principal editor do portal Negócio do Zero, além de ser também professor e orientador de empreendedores no Curso Online de Criação de Negócios do Zero voltado para quem deseja abrir o seu próprio negócio sem colocar em risco a segurança da sua família e de suas reservas financeiras.