pedir-demissao

10 perguntas que você deve responder antes de pedir demissão para abrir empresa

O emissor de notas gratuito da SEFAZ está com os dias contados! Teste grátis o Sage One, uma solução online, simples e completa para você evitar dor de cabeça e continuar emitindo suas NF-e. Clique aqui para testar gratuitamente o Sage One e não perca as notas já emitidas.

O sonho de ser o seu próprio patrão é o que leva muitas pessoas a iniciar um negócio próprio, mas pedir demissão para realizar esse sonho é um movimento que definitivamente não deve ser feito às pressas.

Em seu livro, Quitter: Closing the Gap Between Your Day Job & Your Dream Job (Eliminando a Lacuna Entre o Seu Emprego e o Trabalho dos Sonhos), Jon Acuff diz que entre 70 e 80 por cento das pessoas que estão empregadas pensam em pedir demissão para fazer algo mais gratificante.

“Um monte de gente acorda na segunda de manhã e se pergunta: ‘Como cheguei aqui?'”, diz ele. “Você arranja um trabalho provisório de alguns meses para ganhar uma grana e quando vê está há anos neste mesmo trabalho.”

Acuff e outros especialistas da área dizem que há algumas coisas importantes a considerar antes de pedir demissão para começar um negócio.

Aqui estão as dez perguntas que você deve fazer a si mesmo antes de tomar qualquer atitude nesta direção.

1. Será que isso vai me fazer mais feliz?

Antes de pedir demissão e partir na direção de um território desconhecido, certifique-se de que isto é realmente o que você quer – e não apenas o que você pensa que você quer ou uma maneira de fugir do seu emprego atual.

“Eu pessoalmente acredito que você deve ter prazer na sua carreira profissional”, diz Chris Hurn, autor de The Entrepreneur’s Secret to Creating Wealth (O Segredo dos Empreendedores para Criação de Riqueza).

“Muitas pessoas sofrem silenciosamente em seus empregos, mas antes de pedir demissão e tentar ser o seu próprio patrão, você tem que acreditar que você vai ser mais feliz. Se você não pode dizer com certeza que você que esse fazer movimento irá torná-lo mais feliz, não faça isso.”

2. É o momento certo?

Se a sua esposa está grávida ou se você acabou de assumir o cuidado de um membro idoso da sua família, está na cara que este não é o melhor momento para você pedir demissão para perseguir o seu sonho de ser empresário.

“Você não pode agir passionalmente esbravejando aos quatro cantos do mundo que você agirá com fé e batalhará para realizar o seu sonho, fingindo que não tem nenhum compromisso financeiro como aluguel, prestação do carro ou mensalidade da escola dos seus filhos para pagar.”, diz Acuff.

Ao invés de assumir uma postura totalmente otimista e um tanto quanto iludida, seja honesto sobre a sua situação atual; seja realista sobre as suas contas e os seus compromissos financeiros; e, em seguida, tome uma decisão baseada na razão e nos fatos.

3. Como vou cobrir minhas despesas?

O maior problema para começar qualquer negócio? Estar descapitalizado, diz Deborah Shane, autora de Career Transition (Transição de Carreira).

Você deve ter algum fundo de reserva para cobrir as suas despesas durante o período de tempo enquanto o seu negócio toma fôlego para acontecer.

Essa duração será determinada pela natureza do negócio, embora Shane sugira 12 meses como um bom tempo para começar.

“Certifique-se de que você tem o dinheiro para pagar ambas as suas despesas pessoais e de negócios para esse período antes de se aventurar”, diz ela.

Ou seja, construa um fundo de reserva para manter os seus custos pessoais e de negócio 12 meses para frente pelo menos.

Uma boa forma de você juntar dinheiro é aprendendo a investir seu dinheiro da forma correta.

Assim, o livro Como Investir Dinheiro, de Rafael Seabra se torna uma boa opção para quem precisa juntar um fundo de reserva antes de pedir demissão do seu emprego.

4. Tenho o apoio da família e amigos íntimos?

Antes de se aventurar pedindo demissão, Acuff sugere perguntar as pessoas que você mais confia o que elas pensam sobre a oportunidade que você está vislumbrando.

“Conversando com família e com os amigos mais próximos você conseguirá perceber se está indo atrás de algo que você realmente quer fazer, ou apenas fugindo da sua situação atual”, diz ele.

Procure falar com as pessoas mais bem sucedidas do seu círculo de relacionamento.

Se possível, com aquelas que já estão onde você deseja estar. Um tio ou um amigo que já seja empresário pode ser a melhor solução neste caso.

Converse com pessoas que realmente serão honestas com você e que você sabe que irão incentivá-lo se acharem que você está indo na direção correta.

5. Quanto estou disposto a mudar meu estilo de vida?

Algumas pessoas adoram rotina.

Levantam-se no mesmo horário para ir trabalhar por um determinado número de horas e realizar algumas tarefas pré-estabelecidas.

No entanto, ser dono do seu próprio negócio pode ser qualquer coisa, mas menos ser uma rotina.

À frente do seu próprio negócio, você precisa ser muitas coisas e trabalhar em horários e tarefas tão alternativos que talvez não seja o melhor para você, caso você curta ter uma rotina.

Por isso avalie bem se isto é algo que você realmente quer para a sua vida antes de tomar a decisão de pedir demissão.

6. Será que eu realmente tenho disciplina para ser o meu próprio patrão?

Muitas pessoas pensam que quando elas se tornam seus próprios chefes, a vida fica mais fácil.

Às vezes isso é verdade, mas nem sempre, de acordo com Hurn.

Nem todo mundo está destinado a ser um empresário.

Embora os empresários existam em todas as formas e tamanhos, eles muitas vezes compartilham traços como boas habilidades de disciplina, liderança e um desejo forte de estar no controle.

“Muitas pessoas pensam que o empreendedorismo é para quem é muito criativo, indisciplinado e que adora correr riscos e isso não é necessariamente o caso”, diz ele.

“Eu acho que empresários bem sucedidos tem a devida disciplina para tocar o negócio, minimizando os riscos envolvidos em um novo projeto.”

7. Posso testar ser dono de um negócio, sem abrir mão do meu trabalho atual?

Acuff incita as pessoas a praticarem o sonho de estar onde tem a intenção de estar fazendo um test-drive.

“Antes de você pedir demissão do seu atual emprego para abrir uma loja de café, experimente trabalhar em tempo parcial em uma Starbucks por seis meses para ver se você não passará a odiar café e seres humanos”, diz ele.

Antes de abrir uma agência digital, seja um programador ou designer freelancer em tempo parcial.

Antes de abrir uma confeitaria, venda bolos nos finais de semana ou em festas.

Antes de abrir uma mecânica de automóveis, preste serviços nos finais de semana para amigos e familiares.

8. Existem habilidades que eu ainda preciso adquirir?

Antes de pedir demissão, verifique se você tem as habilidades relevantes e qualidades intangíveis para desempenhar bem o trabalho à frente do seu próprio negócio.

É importante estar atualizado sobre as últimas tecnologias no seu campo de atuação e ser capaz de inclusive usar as mídias sociais a seu favor.

“Certifique-se se suas lacunas de competência estão completamente preenchidas e o que você está fazendo sobre as tendências e as melhores práticas na área onde você está se metendo, seguindo os melhores blogs e sites da web”, diz Shane.

Se ainda existirem lacunas a preencher, prefira estudar um pouco mais para adquirir estas competências antes de se arriscar.

9. Tenho certeza de minha ideia de negócio é boa?

É importante certificar-se de que o que você está planejando fazer é comercializável, que satisfaz um nicho do mercado.

Existe uma necessidade para esta coisa que você quer fazer?

Já explicamos aqui como escolher a melhor ideia de negócio para abrir empresa seguindo a nossa metodologia de avaliação de negócios baseado tanto na nossa experiência como empresário como também em literaturas de investidores e empresários de sucesso de todo o mundo.

Vale à pena dar uma conferida no artigo se você tem uma ideia de negócio que considera boa.

10. Eu tenho um plano de negócios?

Ele não deve ter o tamanho de um romance, mas quem está começando um novo negócio deve elaborar um plano que inclua um plano de vendas e marketing.

Sair fazendo as coisas de qualquer jeito não é uma opção no mercado competitivo de hoje.

“Seu plano de negócio não precisa ser complicado, mas pode ser tão simples como um resumo de uma página ou uma receita de bolo”, diz Shane.

Deixe seu comentário!

Você está pensando em pedir demissão? Quais são as dúvidas e problemas que você está enfrentando neste momento tão difícil da sua carreira?

Traduzido e adaptado do artigo 10 Questions to Ask Before Quitting Your Day Job to Run Your Own Company.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 201 outros assinantes

Sobre Negócio do Zero

Portal onde empreendedores de primeira viagem encontram o que precisam para criar e profissionalizar seus negócios.

Nossos parceiros de conteúdo...

O emissor de notas da SEFAZ está com os dias contados?

Teste gratuitamente o Sage One, evite dor de cabeça e continue emitindo suas NF-e!

Clique aqui para conhecer