Vencendo o medo de ficar sem dinheiro depois de abrir sua própria empresa

Antes de você começar a ler esse artigo quero te deixar a sugestão de baixar nossa coletânea com 130 ideias de negócio para abrir empresa com menos de mil reais

Com o crescimento constante desse blog nos últimos meses, tenho conversado com cada vez mais pessoas que estão insatisfeitas com a sua profissão, seja pela escolha profissional ou o emprego que possuem, que me falam sobre seus principais medos de empreeender. Além de empreender ser algo totalmente diferente daquilo ao qual elas estavam habituadas (trabalhar numa empresa para alguém não tem nada a ver com empreender), o medo de ficar sem dinheiro depois de abrir a sua própria empresa é o que deixa mais pessoas inertes na zona de conforto jogando o mesmo jogo de sempre que as deixam tristes e infelizes consigo mesmas e com a sua profissão.

Além de se sentirem infelizes e irem se desgastando ao longo da vida, tanto emocional como fisicamente, os empreendedores medrosos não abrem suas empresas e não realizam a tarefa que possuem talento para realizar. Conformados com a “vidinha” que empurram com a barriga dia após dia, esses empreendedores não servem ao mundo com os seus talentos, deixando milhares de pessoas, que poderiam ser atingidas pelos serviços e produtos da sua empresa, sem as soluções que buscavam para os seus problemas. Volta e meia eu penso que se eu não tivesse tomado a decisão de empreender, um dos meus clientes na Noxion, a Ecoville Portas e Janelas, não teria aumentado o seu quadro de funcionários e tampouco estaria conseguindo entregar portas cada vez mais belas e de alta qualidade para os seus clientes que estavam sedentos por isso. Uma simples atitude minha de empreender, gerou empregos e atingiu famílias de pessoas que estavam a espera da minha atitude simples de fazer aquilo que eu tinha o dever de fazer, nada mais.

COMO NÃO FICAR SEM DINHEIRO APÓS ABRIR A PRÓPRIA EMPRESA
Não importa se você ganha mil, dez mil ou cem mil reais, o que você faz com esse dinheiro é o que irá medir o seu nível de riqueza. O segredo para se viver bem financeiramente é gastar menos do que se ganha, mudando a sua percepção de valor das coisas. Se o seu sonho de empreender for maior que uma nova televisão para a sala de estar, compreenda que você não precisa realmente de uma televisão e sim, precisa se planejar para empreender.

Planejamento, esta é a palavra-chave do sucesso! Planejar-se fazendo contas de trás pra frente de quanto você precisa para viver com um mínimo de conforto é o que garantirá o seu sucesso como empreendedor. Vamos supor que você precisa de R$2000 para viver com um mínimo de conforto. Logo, você precisa de 10 clientes lhe pagando R$200 mensalmente ou 5 clientes lhe pagando R$400. Você pode começar a atrair estes clientes enquanto ocupa o seu cargo em um emprego e na medida que atingir, por exemplo, 3 clientes pagando R$400, você já tem uma certeza de que pode deixar o seu emprego para conseguir os outros dois e posteriormente fazer a sua empresa crescer.

Rapidinho: Se você estiver interessado em ideias de negócio com pouco dinheiro, baixe agora nossa coletânea com 130 ideias de negócio para abrir empresa com menos de mil reais

Não se preocupe se os seus clientes cancelaram o contrato ou devolverão os produtos que vende, pois da mesma forma que você é útil hoje para o seu empregador (o que o faz não demiti-lo de uma hora para outra), você também será para esses seus pequenos clientes. Logo, basta que você continue sendo o ótimo profissional que é para que mantenha a sua “empreendibilidade”. Depois do primeiro cliente a autoestima do empreendedor já aumenta e a cada novo cliente começamos a notar o que é necessário fazer para mantê-los e crescer a nossa base de clientes.

PLANEJAMENTO TRAZ CONFIANÇA
Apesar de todo o medo de ficar sem dinheiro depois de abrir a própria empresa, fazer um planejamento prévio das ações a serem tomadas depois de abrir a empresa é o que traz mais segurança para quem pretende empreender. Sem isso, ficamos naquela brilhante ideia empreendedora (que todo pré-empreendedor afirma ter) e não a concretizamos em um plano no papel para depois concretizá-la na realidade. A empolgação inicial do empreendedor com sua brilhante ideia é tão grande que ele acaba não fazendo um planejamento do caminho mais eficiente para atingir os seus objetivos. Constrói um mundo de ideias na mente e não as concretiza, já que não fez um plano no papel e não tem certeza e confiança do que quer e de para onde está indo.

Outro benefício de se fazer um planejamento é entender de uma vez por todas que não solucionaremos os problemas ou não começaremos a ganhar dinheiro com a nossa empresa, da noite para o dia. Tem de haver um trabalho constante e ordenado para que se consiga realmente levantar o empreendimento. Planejando e pontuando cada uma das tarefas, o que falta e quanto tempo teremos que nos dedicar a cada um, conseguimos vislumbrar o tempo que levaremos para concretizar os nossos objetivos. Isso retira a ansiedade e a aflição dos nossos ombros, além da cobrança inerente de ter tomado uma decisão contrária ao senso comum daqueles com quem convivemos.

VISUALIZE, DESENHE, PLANEJE E CONCRETIZE
Para construir uma casa ou fazer uma obra na casa que já temos, precisamos visualizar realmente o que queremos. Esse processo de visualização praticamente materializa o que queremos no plano dos pensamentos, tornando possível que em alguns minutos, desenhemos no papel, para uma outra pessoa opinar, o que pretendemos. Se existir alguma dificuldade em fazer esse desenho, é preciso visualizar um pouco mais para poder desenhar melhor a ideia e transmitir da forma mais eficiente a informação para nossa audiência. Desenhado o plano, podemos planejar suas datas e suas tarefas e fazer da concretização da obra a sua execução diária e constante.

Se você ainda tem medo de ficar sem dinheiro logo após abrir a sua empresa, aproveite suas economias, reduza os seus gastos e prepare-se com bastante planejamento para concretizar os seus sonhos de ter a sua própria empresa.

Só com planejamento, conseguimos saber quantos passos dar para atravessar a ponte entre o que somos e o que temos para o que desejamos ser e desejamos ter.

EXTRA: recomendo a leitura do nosso guia com 130 ideias de negócio para abrir empresa com menos de mil reais que vai ajudar você a encontrar a melhor ideia de negócio para abrir empresa.

Clique aqui para baixar a coletânea completa.

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 392 outros assinantes

Sobre Marcos Rezende

Marcos Rezende é criador e principal editor do portal Negócio do Zero, além de ser também professor e orientador de empreendedores no Curso Online de Criação de Negócios do Zero voltado para quem deseja abrir o seu próprio negócio sem colocar em risco a segurança da sua família e de suas reservas financeiras.