10 princípios básicos para não acabar com a sua startup



O artigo original é do blog ReadWriteWeb (em inglês) e mais uma vez tomo a liberdade de traduzir livremente algumas partes, mas principalmente adicionar meus comentários em cada um dos tópicos apontados pelo autor do post. Como as idéias e as experiências são quase as mesmas, ficam as dicas para quem está começando a sair do banco de emprego e da vida como robolaborador.

1. ATENÇÃO AO FLUXO DE CAIXA
É meio óbvio, mas o que venho encontrando por aí ou é empreendedor investindo demais ou investindo de menos sem qualquer plano. Planificar e manter-se atento ao fluxo de caixa é essencial, pois é esta ferramenta que te dará respostas objetivas e matemáticas sobre fazer ou não fazer tal coisa ou devo ou não devo parar de investir nisso. É essencial, mas muita gente esquece. Na Noxion, estamos fazendo os apontamentos das receitas e despesas em um software para a web e brasileiro chamado Organizze. Recomendamos.

2. COLOQUE TODO O FOCO EM UM PROBLEMA REAL E ESQUEÇA A CONCORRÊNCIA
Enquanto a sua empresa tentar se comparar a empresa dos outros, você estará, dia após dia, deixando de ser aquilo que você deveria ser, para ser aquilo que o mercado todo é: medíocre. Um exemplo que vivo atualmente é na construção de sites como ferramentas de um bom marketing digital para pequenas empresas. O problema é que as pequenas empresas não possuem muito dinheiro e só encontram fornecedores que ou entregam um site que não traz nenhuma nova venda ou vendem o que não podem entregar. Nos concentramos na Noxion em criar uma solução que amarrasse isso muito bem e promovesse aumento do faturamento para os nossos clientes. Saímos do bolo da concorrência e nos destacamos como únicos a trabalharem desta forma para este público.



3. IDENTIFIQUE O SEU PÚBLICO ALVO E TESTE O MERCADO O QUANTO ANTES
Testar o mercado, isto é essencial. Não perca seu tempo arrumando a casinha enquanto você poderia agir em algo simples e apresentar diretamente para o seu público alvo para receber feedback. Mantenha-se atento a isto: quanto mais rápido você puder mostrar o seu modelo de negócio para o seu cliente melhor, pois mesmo que você receba uma negativa, você saberá antes se aquilo que pensava como certo estava realmente certo e não ficará mais trabalhando em suposições que nada tem a ver com a realidade.

4. CRIE UMA SOLUÇÃO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL PARA UM PROBLEMA
Isto quer dizer que você deve procurar algo simples que você possa fazer rapidamente para resolver um problema de um cliente em particular levando este modelo para outros clientes em seguida. Rapidez, sua startup precisa de rapidez para conseguir manter o fluxo de caixa rodando no positivo. Quanto mais rápido você se tornar a solução dos problemas dos seus clientes, mais rápido atingirá o ponto de equilíbrio do seu empreendimento.

5. CERQUE-SE DE PESSOAS DEDICADAS, FELIZES E APAIXONADAS
Ter pessoas dedicadas na equipe é essencial, pois você não quer ficar cobrando as pessoas daquilo que elas precisam fazer. Elas devem colocar a mão na massa de maneira espontânea e ficarem super felizes de trabalhar em problemas em busca de uma solução para os seus clientes. Talvez este, depois de manter-se atento ao fluxo de caixa, pode ser o segundo ponto crucial em que devemos nos manter atentos para não falharmos enquanto corporação, pois é complicado envolver pessoas em torno de um objetivo em comum e se isto não for feito da maneira devida, a falência se tornará um fato árduo de ser encarado.

6. NÃO CONFUNDA TECNOLOGIA COM SOLUÇÃO
Solução é uma coisa e tecnologia é outra. Tecnologia te dá ferramentas para chegar a solução a um problema, enquanto solução é o “bem” produzido a partir do empenho na solução de algum desafio. Muitas empresas misturam tecnologia com a solução e acabam falindo. A enorme maioria dos clientes que atendo não sabem o que é WordPress (apesar de em todo site que fazemos usarmos esta plataforma), mas entendem quando eu digo que não cobramos a ele para desenvolver uma plataforma de gerenciamento do conteúdo do site dele e sim cobramos apenas o design e a personalização, pois neste momento eles entenderam que WordPress (tecnologia) diminuem o custo de investimento deles (solução) em projeto de internet.

7. CONSIDERE SOLUÇÕES NÃO-TECNOLÓGICAS COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO
Às vezes quem começa uma empresa tem a visão tão afunilada que não consegue vislumbrar o potencial de atividades que pode desempenhar no seu mercado. Unindo o conhecimento do mundo empreendedor que acumulei à frente do Insistimento, hoje me possibilito prestar consultoria para pequenos negócios que desejam alavancar as suas vendas através da internet pela Noxion. Repare que no Insistimento só existe conhecimento e quase nenhuma tecnologia, logo, o que ofereço a meus clientes é uma maneira de resolver o problema de faturamento deles através de uma tecnologia (internet), mas o que me diferencia é justamente esse conhecimento amplo de vários mercados que tenho.

8. CERTIFIQUE-SE QUE O SEU NEGÓCIO VENDE
De alguma forma, tente prospectar para o maior número de pessoas e principalmente, meça o feedback que teve da solução que propunha. Enfrentei algo semelhante a isto no passado quando pensávamos em criar um software para gerenciamento de fluxo de trabalho. Apresentamos para umas dez pessoas através da internet, vimos que vendia, mas não nos sentimos seguros em investir nisto quando comparamos o que pretendíamos com o que estávamos fazendo em serviços junto às pequenas empresas com marketing de internet. Testamos o mercado, validamos que o software poderia vender, mas o investimento de parar uma equipe para fazer o software não condizia com as nossas expectativas de crescimento para este ano e tampouco estava alinhado com o que já vínhamos fazendo.



“Existe uma grande distância entre gostarem da sua idéia e o cheque compensar.”

9. INVISTA BOA PARTE DO SEU TEMPO CRIANDO O SEU MODELO DE NEGÓCIOS
Faça somente uma única coisa e torne-se melhor naquilo ouvindo sempre o seu cliente e estando preparado para mudar conforme for aprendendo com o mercado. Ter um bom modelo de negócio é o que fará com que a empresa sustente a si mesma. O que eu já vi de gente querendo montar site para ganhar dinheiro com publicidade sem me mostrar nada palpável não é brincadeira. Você precisa mostrar no papel o seu modelo e como o seu modelo de negócio conseguirá dar mais dinheiro para seus clientes do que eles ganham hoje. Lembre-se que a sua empresa não é mais uma funcionária do seu cliente e sim um fornecedor que deve, por obrigação, agregar algum valor ao negócio do cliente. Invista muito do seu tempo disso e recicle o seu modelo a cada novo passo dado.

10. SEJA CRIATIVO, BUSQUE SOLUÇÕES ECONÔMICAS E NÃO DESISTA DIANTE DAS ADVERSIDADES
Que você pode tomar calote de um cliente é um fato. Que você pode se aborrecer com alguém também é verdade, mas quanto mais você investir em ser melhor do que era no dia anterior e fazer mais na sua empresa para servir às outras através de soluções econômicas utilizando toda a sua criatividade, mais você será reconhecido pelo mercado e mais notável será o seu sucesso iminente. Mantenha-se alinhado com as coisas que acredita e com aquilo que deseja fazer, crie um bom modelo de negócios, procure soluções para os seus clientes e insista sempre. Quanto mais você der, mais receberá.



2 Comentários

  1. Olá Marcos. Estava lendo o artigo e me deparei com uma menção ao Organizze. Confesso que fiquei muito lisonjeado.

    O Insistimento é um blog que tem nos ajudado muito também. Muita coisa boa por aqui.

    Belo post.

    Grande abraço!

Comentários não permitidos.