4 negócios para você trabalhar em casa



Existem inúmeras ofertas da “oportunidade da sua vida” na internet, desde prêmios e empréstimos internacionais a venda porta a porta e marketing multinível, mas também existem algumas opções boas, certeiras e mais confiáveis e rentáveis que são a oportunidade de ouro da era digital que vivemos onde todo o planeta está conectado na mesma rede. Abaixo, apresento quatro que escolhi para servir de pontapé inicial para a suas ideias empreendedoras para trabalhar em casa e começar o seu negócio do zero.

1. TRADUÇÃO E REVISÃO TÉCNICA DE LIVROS

Eu já fui revisor técnico de livros e tirava uma boa grana trabalhando a partir de casa sendo pago para ler livros e corrigir seus erros. Diferente da revisão ortográfica ou gramatical, a revisão técnica é um trabalho onde o foco é revisar a obra do ponto de vista técnico, como livros de informática, direito, etc. Para entrar nesta área ou na área de tradução de livros, você precisa se apresentar para as editoras fazendo um trabalho freelance inicialmente e com um preço bacana para pegar o primeiro projeto. Depois do primeiro, é prospectar novas editoras e ser pago para literalmente estudar em casa.


Publicidade

O investimento inicial é pequeno, pois basicamente você precisa de um computador com acesso a internet e o faturamento médio mensal é de R$ 5.000 com uma média mensal de vendas de 90.000 palavras e preço médio de R$ 0,10 a palavra.

2. DESIGNER GRÁFICO OU WEBDESIGNER

Você deve conhecer alguém que trabalha a partir de casa criando design de produtos e sites para outras empresas não é mesmo? Essa é uma profissão em expansão atualmente porque as empresas que necessitam desses serviços vagam muito pelo mercado até encontrar a pessoa certa que normalmente não quer trabalhar dentro de um escritório e sim na própria casa. Quando essas empresas encontram essas pessoas e elas atuam de forma profissional, é demanda garantida para sempre.

O investimento inicial é um pouco maior que o negócio anterior porque você precisa de um computador um pouco melhor e cursos (que podem ser feitos online) de design gráfico e webdesign. O faturamento médio mensal é de R$ 4.000 com dois ou três trabalhos por mês.

3. PROGRAMADOR

Trabalhando prestando serviços de desenvolvimento de sistemas, você só precisa tomar cuidado com seus prazos para deixar seus clientes satisfeitos ou partir para o desenvolvimento de produtos virtuais onde você possa cobrar um aluguel pela utilização do sistema que produziu pelos seus clientes.

O investimento inicial é pequeno e o faturamento mensal para quem presta serviços é de R$ 4.000, enquanto quem vende produto, as possibilidades são infinitas já que pouco trabalho há depois de um sistema pronto e os ganhos vem todo da sua performance como vendedor.

4. FESTEIRO PROFISSIONAL

Levar um grupo para a balada de forma especial, montar festa de chá de bebê e até mesmo um casamento pode ser a sua praia se você for um festeiro profissional e for bem organizado. Para saber disso, você pode testar o modelo de negócios com os seus amigos sem cobrá-los nada por isso e fazendo festas atrás de festas e publicando em redes sociais como o Facebook. Isso lhe dará experiência e notoriedade.


Publicidade

O investimento inicial é próximo de zero, mas é bom investir na imagem e na marca do seu negócio para impactar os seus potenciais clientes na primeira vez que ouvirem você falar dele. O faturamento médio mensal é de R$ 6.000 com 2 festas por final de semana.

E você? Tem alguma sugestão de negócio para trabalhar em casa que não apareceu por aqui?


Publicidade