A orientação certa para o empreendedor vem dos seus talentos



Todos os negócios que eu comecei até aqui não tiveram muito sucesso porque eu nunca dei a atenção devida aos meus talentos para dar-me a orientação necessária para criar um negócio com a minha cara, do meu jeito. Como a maioria daqueles que se aventuram como empreendedor, me frustrei de diversas formas enquanto procurava satisfazer a orientação que o mundo me dava ao invés de procurar em mim mesmo a orientação que eu precisava. No caminho, tropecei em mim mesmo e nos meus talentos diversas vezes e hoje resolvo expor alguns pontos que podem ajudar o leitor a não passar pelos mesmos problemas apenas utilizando os seus talentos como forma de orientação para empreender profissionalmente.

QUANDO O DINHEIRO NÃO SATISFAZ
Tenho tido contato com alguns empresários que mesmo ganhando muito dinheiro, não se satisfazem com a atividade que desempenham diariamente. Parece que existe algum botão dentro deles e de nós que liga quando não estamos fazendo algo natural e que nos faça bem. Nas conversas com esses empresários, noto sempre uma tristeza fatal que os consome dia após dia mesmo tendo eles momentos de alegria proporcionados pelo dinheiro que possuem. O que traz essa insatisfação? Infelizmente ou felizmente, eu e eles sabemos a resposta:

Continuaremos insatisfeitos enquanto não fizermos aquilo que realmente fazemos bem, naturalmente e com gosto. Enquanto levarmos a vida baseando-a na orientação dada pela sociedade que nos criou robôs, permaneceremos infelizes.


Publicidade

SEUS TALENTOS: O PONTO DE PARTIDA
Está certo que quando abrimos um negócio saímos do nada para o cargo de diretor com uma série de compromissos. Somos vendedores, administradores, contadores, advogados, tudo ao mesmo tempo. Nossa agenda vive cheia de compromissos que nada têm a ver com os nossos talentos, mas mesmo assim, continuamos aprisionados nessa agenda orientada a apenas nos trazer a tristeza permanente mesmo que com muito dinheiro. Se você parar e se perguntar o que exatamente você sabe fazer bem, verá que faz apenas duas ou cinco coisas de forma excelente, com gosto e naturalidade. Porém, como não damos a atenção devida a essas nossas habilidades, ou seja, nossos talentos, acabamos montando empresas sobre as nossas costas ao invés de ao nosso redor, esquecendo-nos de que o centro da empresa deve ser o empresário, suas idéias e seus sonhos, mas nunca o topo dela.

SUA EQUIPE: A LIGAÇÃO ENTRE SEUS TALENTOS E SEUS SONHOS
Todo empreendedor têm talentos e busca sempre orientação para atingir seus sonhos, mas se esquece que quem o levará a atingir meta por meta desses sonhos é a sua equipe. Assim, quanto mais e melhor o empreendedor souber montar uma equipe de talentos, mais rápido ele conseguirá escalar as montanhas do sucesso em direção aos seus sonhos. Como disse anteriormente, a empresa deve crescer em torno do empresário e empreendedor e dos seus talentos e não abaixo dele. Isto é fundamental para criar um ambiente colaborativo onde cada um desenvolva os seus talentos com naturalidade favorecendo a causa daquele que sonhou há tempos atrás montar um negócio para si e ter sucesso e felicidade.

SEUS SONHOS: SUA MISSÃO DE VIDA
De que adianta conhecer os seus talentos e montar a equipe mais talentosa se a orientação da sua vida está voltada para o relógio e não para algo maior que o motive a agir já? Esta é a época onde todos devemos anotar no papel os cursos que faremos nos próximos anos, as viagens que faremos e as mudanças que faremos em nossos negócios. A orientação correta para o seu negócio parte dos seus talentos e vai em direção ao que você deseja realizar no próximo ano.

Estou montando um conjunto de artigos para lhe ajudar a estabelecer as suas metas para o próximo ano e em breve disponibilizarei aqui no blog, mas até agora: O que você pretende realizar no próximo ano?


Publicidade