Como impactar positivamente o seu negócio em 90 dias



Você fez um bom trabalho para ganhar um novo cliente, mas é a maneira como você conduzirá a sua relação com ele nos primeiros 90 dias que definirá por quanto tempo ele continuará com você.

Os primeiros 90 dias de um novo relacionamento são críticos:

  • O presidente de um país tem apenas três meses para inspirar o eleitorado e ganhar o capital político que necessita para governar o restante do mandato.
  • Um novo time tem poucos meses para impressionar o seu treinador antes de começar a ser dividido e as pessoas serem dispensadas.
  • O novo CEO de uma empresa tem 90 dias para aprender antes que a empresa comece a exigir resultados práticos e tangíveis da sua liderança.


Para uma empresa, os primeiros 90 dias de relacionamento com um novo cliente são igualmente importantes.

Pesquisas realizadas com empresas que seguem o modelo de assinatura revelam que o investimento em fazer com que o cliente realmente utilize o produto ou serviço que adquiriu nos primeiros 90 dias (e tenha resultado com ele) aumenta em até 300% o tempo de vida do cliente na empresa.

Vamos dar uma olhada na empresa Constant Contact, que vende uma ferramenta de e-mail marketing e que costumava perder muitos clientes, por causa da sua abordagem “quem, o que e quando” que funcionava assim:

  • Quem eram as pessoas para quem o cliente queria mandar uma campanha de e-mail;
  • O que o cliente queria enviar nesta campanha; e
  • Quando a campanha tinha que ser disparada pelo sistema.

Logo depois do cliente adquirir o software, a empresa pedia que o cliente fizesse upload da sua base de dados de e-mail, satisfazendo o “quem” nesse processo de onboarding de três etapas.

Pedir que o cliente fizesse upload da sua base de e-mails no primeiro momento, fazia com que muitos clientes abandonassem o site da empresa para resolver o problema de como exportar sua base de dados de e-mails que a Constant Contact acabara de lhes entregar.

Era como se a própria Constant Contact colocasse um muro que impedia que seus clientes pudessem conhecer mais sua ferramenta de e-mail marketing se encantar com ela.



O que, quem e quando

Para contornar esse problema, a Constant Contact decidiu focar primeiro no “o que” quando recebendo seus clientes pela primeira vez.

Imediatamente após adquirir o produto e fazer o login, a Constant Contact encorajava seus clientes a criar primeiro suas campanhas de e-mail para que eles pudessem se familiarizar com a ferramenta e se encantarem ao ver suas campanhas de e-mail prontas (o que).

A Constant Contact também passou a oferecer uma banco de imagens profissional para seus clientes para que suas campanhas de e-mail ficassem mais bonitas que qualquer outra campanha de e-mail que o cliente já tivesse feito.

Seus clientes podiam assim, perceber o quão profissional sua empresa pareceria dali em diante se mantivesse a decisão de continuar usando o software desenvolvido pela Constante Contact.

Somente depois do cliente ter completado o estágio do “o que” e a empresa ter garantido um peso emocional na experiência de seus clientes, a Constant Contact levava seus clientes para a próxima fase: a fase do quem.

Esta pequena reordenação das prioridades do sistema, levaram a uma dramática redução de abandono de setup dos clientes e consequente aumento do tempo de vida dos clientes dentro do software.

Conclusão

Esteja você utilizando um modelo de receita recorrente ou não, a maneira como você trata seus clientes nos primeiros 90 dias é o que determinará o tempo de vida deste cliente com você.

Para ter uma referência de como está o seu negócio, não só no quesito de satisfação dos clientes, mais em outros 7 pontos fundamentais que influenciam a saúde e o desempenho da sua empresa, clique aqui e solicite uma avaliação.



Olhar o negócio de cima é fundamental e uma breve avaliação com a nota da sua empresa em alguns dos fatores mais importantes que afetam o seu desempenho faz uma enorme diferença na longevidade do seu negócio.