Como perder vários clientes cometendo o erro #1 dos empreendedores (você está em risco?)



Ser um empreendedor não é fácil. Esqueça o glamour, rios de dinheiro e festas intermináveis.

Porém, existe um único erro bem básico que a maioria dos empreendedores comete, mesmo sem perceber. Resolvendo esse simples erro, você poderá melhorar rapidamente as vendas e conversões do seu produto/serviço.



Se você tem um site, uma agência ou possui qualquer presença na internet, você precisa utilizar Landing Pages.

Landing Pages são páginas com um único objetivo, sendo o mais comum deles, a captura de leads para uma lista de e-mail.

Elas fazem parte de toda estratégia de marketing bem sucedida e podem aumentar em até 47% as vendas de uma empresa, além de 80% suas conversões. Basicamente, elas são responsáveis por transformar cliques em clientes.

Veja abaixo seus principais benefícios:

  • Aumentam a conversão de um produto ou isca digital;
  • Evita distrações do usuário e incentiva uma ação (ex: cadastrar e-mail);
  • Mantém o fluxo de informação entre fontes de tráfego, como anúncios, e o produto.

Nesse artigo, vou apresentar a você o que é uma Landing Page, assim como um estudo da universidade de Columbia, nos Estados Unidos, que comprovam: “Menos é Mais”.

Desse modo, você não apenas evitará perder vários clientes, como também poderá aplicar essa técnica no design do seu site/Landing Page, sendo mais persuasivo e convertendo cliques em clientes.



Se você ainda tem dúvidas sobre o que ela é, sua importância e exemplos de referência, clique nesse link aqui para ter acesso ao guia definitivo sobre Landing Pages.

 

Estudo de caso: Potes de Geleia em Supermercados e Landing Pages

jams O Guia Definitivo sobre Landing Pages: Dobre Sua Conversão e Transforme Cliques em Clientes

Sheena Iyengar, uma professora da Universidade de Columbia, montou um estande de degustação livre em um supermercado conhecido por sua extensa seleção de produtos, em dois sábados consecutivos.

No primeiro sábado, 24 sabores de geleia estavam disponíveis, e no outro sábado, apenas 6.

Agora, dê um palpite: Qual sábado conseguiu vender mais geleias?

Seguindo o senso comum de que quanto mais opções para o cliente melhor, você pensaria que o sábado com mais geleias vendeu mais. Porém, não foi isso que aconteceu.

Quando 24 potes de geleia estavam disponíveis, 60% dos clientes pararam para um teste de degustação. Entretanto, apenas 3% daqueles que pararam, compraram algum pote de geleia.



Quando 6 potes de geleia estavam disponíveis, 40% dos clientes pararam para um teste de degustação e 30% compraram algum pote de geleia.

Supondo que 100.000 pessoas visitaram o supermercado em ambos os sábados teríamos os seguintes resultados:

1. Sábado com 24 potes de geleia:

  • 60.000 pessoas pararam para degustar.
  • 2.000 pessoas compraram pelo menos uma geleia.

2. Sábado com 6 potes de geleia

  • 40.000 pessoas pararam para degustar.
  • 12.000 pessoas compraram pelo menos uma geleia.

Os resultados são enormes. Mais de 10.000 pessoas compraram geleia em um sábado em relação ao outro. Um aumento de 500% nas vendas.

Moral da história: Menos é mais.

Agora, o essa história tem a ver com Landing Pages?

Simples, Landing Pages são como a opção número dois desse teste. Elas oferecem menos opções (potes de geleia), mas com um número maior de conversões (pessoas comprando as geleias).

Quanto mais elementos você colocar em uma página, mais opções você dará aos usuários. Logo, eles se tornam mais confusos e acabam não tomando decisão nenhuma, como no caso da opção número um desse teste.

Continue lendo esse artigo para entender a importância das Landing Pages para o seu blog ou site.

 

O que é exatamente uma Landing Page?

Landing Page é uma página com um único objetivo, sendo o mais comum deles, a captura de leads para uma lista de e-mail.

Elas fazem parte de toda estratégia de marketing bem sucedida e podem aumentar em até 47% as vendas de uma empresa. Veja abaixo seus principais benefícios:

  • Aumentam a conversão de um produto ou isca digital;
  • Evita distrações do usuário e incentiva uma ação (ex: cadastrar e-mail);
  • Mantém o fluxo de informação entre fontes de tráfego como anúncios e o produto.

 

Exemplos de Landing Pages

Existem dois tipos principais de Landing Pages:

  1. Landing Pages para geração de leads
  2. Landing Pages para cliques

Vamos analisar o primeiro tipo abaixo.

1. Landing Pages para geração de leads

Infográfico A Psicologia das Cores O Guia Definitivo sobre Landing Pages: Dobre Sua Conversão e Transforme Cliques em Clientes

Landing Pages para geração de leads são usadas ​​para capturar dados do usuário, como nome e endereço de e-mail. A única finalidade dessa página é coletar informações que permitirá a você se comunicar de forma mais direta com o seu prospecto, seu potencial cliente.

Desse modo, uma página para geração de leads irá conter um formulário, juntamente com uma descrição do que o visitante vai receber em troca para a apresentação de seus dados pessoais.

Há muitos incentivos para que um usuário entregue sua informação pessoal. Alguns exemplos são listados abaixo:

  • eBook;
  • Registro para webinar;
  • Consulta para serviços profissionais;
  • Descontos e cupons;
  • Testes gratuitos de serviços ou produtos;
  • Um presente concreto;
  • Notificações para um lançamento futuro.

O tamanho do seu formulário e o nível de dados pessoais solicitados podem ter um impacto direto sobre a conversão.

A dica é solicitar ao usuário o mínimo possível de informações que permitirá que você consiga se comunicar com seus clientes potenciais de forma eficaz.

Não é preciso pedir o telefone desse prospecto se você só irá se comunicar com ele através do e-mail, por exemplo.

Nesse caso, menos informações equivalem a mais conversões.

Veja a exata página para esse infográfico aqui.

 

2. Landing Pages para cliques

Planilha de Planejamento Financeiro1 O Guia Definitivo sobre Landing Pages: Dobre Sua Conversão e Transforme Cliques em Clientes

Landing Pages para cliques têm o objetivo de convencer o visitante a clicar para ir para outra página.

Normalmente, são utilizadas em funis de e-commerce, para descrever um produto ou oferecer detalhes suficientes para levar um visitante até o ponto em que eles estarão mais perto de tomar uma decisão de compra.

Geralmente, o tráfego vindo através de um anúncio é enviado diretamente para uma página homepage ou alguma página de registro, o que acarreta em péssimas conversões.

Páginas de registro não fornecem informações suficientes para algum usuário tomar uma decisão bem informada e homepages fornecem muitas opções para escolha.

É nesse ponto que as Landing Pages para cliques são extremamente eficientes.

A informação extra na Landing Page para clique aquece o cliente, oferecendo-lhe os detalhes que ele precisa saber, sem distrações.

Quando esse potencial cliente clica no link ou botão para prosseguir, ele está agora preparado com todas as informações de que necessita e estará muito mais propenso a comprar.

No exemplo acima, uma Landing Page que utilizo no meu site sobre investimentos para o público que gosta das minhas planilhas financeiras e está interessado em investir melhor.

Ao invés de direcioná-los diretamente para a página de vendas do meu eBook, eu utilizo essa landing page para cliques para aquecê-los, transmitindo informações importantes para o usuário antes de destiná-lo para o processo de vendas.

 

Como aplicar o conceito do estudo com geleias em suas Landing Pages?

Se você utiliza uma página normal do seu site/blog com objetivo específico de capturar email ou para vender algum produto ou serviço, lembre-se do estudo com as geleias.

Quanto mais opções, mais confuso o usuário fica. Como diz a frase:

Uma mente confusa não toma decisão alguma. (Tweet Isso)

Portanto, você precisa de uma Landing Page, uma página com um único objetivo.

Para esse exemplo, vou mostrar um teste que fiz após ler sobre esse estudo com as geleias e a ótima descoberta que tive.

A Landing Page com objetivo de capturar mais emails para o infográfico sobre Conversão e Usabilidade começou exatamente como você pode ver abaixo:

Screen Shot 2014-02-19 at 17.42.07

Para cada 1.000 visitantes nessa página, 384 se inscreviam na minha lista de email para ter acesso ao infográfico. Uma conversão de 38,4% (384 / 1.000).

Resolvi aplicar os conceitos do estudo com as geleias, oferecendo apenas as informações mais necessárias para os visitantes baixarem o infográfico, além de uma única opção, ao invés de duas.

Veja como ficou a nova Landing Page:

Screen Shot 2014-02-14 at 12.18.43

Agora, para cada 1.000 visitantes nessa página, 469 se inscreviam na minha lista de email para ter acesso ao infográfico. Uma conversão de 46,9% (469 / 1.000).

Você percebe como um teste A/B como esse é poderoso?

Com uma simples mudança nos elementos da Landing Page eu consegui aumentar minhas conversões em 22,13%.

Como essa página já foi visitada por mais de 10.000 pessoas, esse aumento de 22,13% significa que consegui capturar em torno de 2.213 emails adicionais com esse teste.

 

Gostou dessas dicas sobre Landing Pages?

ebook-landing-page

Para receber ainda mais dicas, convido você a baixar gratuitamente AQUI o eBook Landing Page: O Guia Definitivo (Como dobrar suas conversões e transformar cliques em clientes).

Você irá aprender mais sobre:

  • Os 7 principais elementos de uma Landing Page (Veja quais elementos não podem faltar);
  • Os 7 princípios do design centrado no usuário (Design e psicologia para você converter mais cliques em futuros clientes);
  • Softwares para Landing Pages (Melhores softwares e templates para você criar, administrar e testá-las).

(crédito das imagens: shutterstock.com)



4 Comentários

  1. Ótimo artigo. Um dos temas que mais falta no conhecimento dos empreendedores no inicio de seu negócio é a landing page.
    O que acontece, é que todo empreendedor escuta que tem que ir a rua fazer um estudo do público alvo, o que é verdade porém não por completa.
    Imagine que seu público alvo, é extremamente disperso e você não tem ideia de onde encontrá-lo (isso aconteceu com uma de minhas startups) e só depois de muito tempo, fui descobrir que ele só se encontra online, e perdi meses de pesquisa.
    Resultado: uma landing page foi extremamente mais efetiva do que uma pesquisa de rua.
    Gostaria que todos empreendedores tivessem o conhecimento da landing page.

    Um abraço e parabéns pelo bom e ilustrado artigo.

Comentários não permitidos.