Como escalar uma empresa de serviços



Pode ser trabalhoso escalar uma empresa de serviços, porque seus clientes geralmente estão comprando a expertise do dono e tudo o que ele pode fazer para faturar mais é vender o seu tempo.

Ou seja, o tamanho da empresa negócio sempre fica limitado pelo número de horas disponível no dia do dono do negócio.



Uma maneira de escalar uma empresa de serviços é abrir um setor de treinamentos na empresa para ensinar outras pessoas aquilo que você sabe.

Isto foi o que fez Nancy Duarte depois que percebeu que o crescimento da sua empresa de design de apresentações de alta qualidade da Califórnia estava limitado.

Foi a empresa de Nacy que criou os slides usados na apresentação de Al Gore no filme Uma Verdade Inconveniente.

Depois de um tempo à frente da empresa, Nancy se viu equilibrando um monte de pratos enquanto torcia para que nenhum deles fosse ao chão.

Finalmente ela descobriu estar exausta e que não gostava mais do trabalho que fazia.

Ela continuava amando a sua empresa, mas odiava as constantes demandas de trabalho que consumiam todo o seu tempo e a sua energia.



Em um esforço de retirar a sua presença dos projetos, ela sentou e documentou sua metodologia de criação de apresentações de alto nível e a partir de então criou um treinamento online onde seus empregados podiam aprender seu modo de trabalho.

Uma vez que ela deixou com seus empregados a tarega de desenvolver as apresentações de seus clientes, ela transformou sua filosofia em um livro, publicado em 2008 com o título Slide:ology – A Arte e a Ciência para Criar Apresentações que Impressionam.

Seu livro mais recente, Resonate: Present visual stories that transform audiences, foi publicado em 2010.

Tendo criado uma plataforma com seus livros, Nancy abriu uma divisão de vendas na sua empresa que oferece workhops em empresas para ensinar colaboradores a fazer melhores apresentações.

Através do novo setor de treinamentos, Duarte escalou sua empresa para o ponto atual onde conta com 82 pessoas trabalhando.

Conclusão

Como donos de negócio, sabemos que devemos documentar nossos sistemas de trabalho para outras pessoas seguirem, porém de alguma forma, sempre que se decide escrever um manual do negócio, algo acontece na empresa que faz o dono preferir atender o próximo cliente ou apagar o próximo incêndio.

Talvez nós tenhamos que parar de enxergar a manualização dos processos da empresa como despesa de energia e passar a vê-lo como insumo necessário para a criação de um novo setor voltado a treinamentos.

Faça um brainstorm com a sua equipe pra começar o mais cedo possível a manualizar os processos da sua empresa.



Isso não só contribuirá com a valorização do negócio como também colaborará com o seu descanso.