Geração de Valor: 3 perguntas para criar uma empresa desejada pelos clientes



Quando alguém se oferece para vir limpar a casa, lavar roupas e preparar a comida para mim, eu lhe dou dinheiro em troca desse serviço para que ela tenha liberdade para escolher o que fará com ele.

Se eu possuísse algo que essa pessoa tivesse interesse em ter em troca, o dinheiro ficaria fora desta relação comercial.



Poderia ser um móvel, um eletrodoméstico ou mesmo uma orientação profissional.

Se a pessoa que presta serviços domésticos para mim, enxergasse algo de valor sob minha propriedade que fosse do seu interesse, estabeleceríamos uma relação de troca sem precisar envolver dinheiro.

Este exemplo bem simples, serve para lhe mostrar que uma empresa é fruto de uma “troca de valores” que não necessariamente depende do dinheiro.

Logo, a primeira pergunta que você deve ser capaz de responder na hora de abrir a sua empresa é:

Que valor eu estou gerando para as outras pessoas que torne possível estabelecermos uma relação de troca?

“Nem tudo o que pode ser contado conta, e nem tudo o que conta pode ser contado.” ~ Albert Einstein (Tweet Isso)

Como gerar valor?

Valor é o resultado obtido pela satisfação de uma necessidade.



  • Se eu preciso limpar a minha casa, darei valor a quem se dispuser a limpá-la.
  • Se eu preciso comer, darei valor a quem se dispuser a cozinhar para mim.
  • Se eu preciso relaxar, darei valor a quem tiver um ambiente próprio para eu passar um tempo descansando.

Note que nas relações de troca de valor acima, um ingrediente adicional e não mencionado anteriormente, foi fundamental para que a relação se estabelecesse.

A necessidade apareceu quando eu disse que precisava de uma casa limpa, comida e tempo de descanso, gerando uma relação de troca de valor com quem satisfazia essas necessidades.

Portanto, a segunda pergunta que você deve ser capaz de responder na hora de abrir a sua empresa é:

Quais as necessidades desse grupo de pessoas para quem eu pretendo gerar valor?

“A necessidade que é a mãe da invenção.” ~ Platão (Tweet Isso)

Como encontrar necessidades?

Necessidade é fruto de uma insatisfação causada pela falta de algum bem necessário ao bem-estar que, segundo Abraham Maslow (1970), pode ser dividida em cinco categorias:

  1. Necessidades fisiológicas: respiração, comida, água, sexo, sono, excreção.
  2. Necessidades de segurança: corpo, emprego, recursos, moralidade, família, saúde, prosperidade.
  3. Necessidades de relacionamento: amizade, família, sexual.
  4. Necessidades de estima: auto-estima, confiança, respeito dos outros e aos outros.
  5. Necessidades de auto-realização: moralidade, criatividade, espontaneidade, aceitação.

Essas cinco categorias, se insatisfeitas, geram uma instabilidade no bem-estar da pessoa analisada.

O banheiro da sua casa tem um valor muito maior quando você está com dor de barriga, assim como as pessoas queridas têm mais valor quando estão longe ou o seu trabalho têm um valor maior quando você não percebe que está trabalhando.

Em diferentes níveis de urgência de satisfação as necessidades aparecem e o seu papel como empreendedor é conhecer as necessidades do seu provável cliente para satisfazê-las.



As necessidades variam de pessoa para pessoa, mas felizmente estamos agrupados em grupos sociais que permitem ao empreendedor analisar que necessidades lhe é mais conveniente atender.

Saúde e boa-forma, dinheiro e negócios e relacionamentos e sedução, são os melhores mercados e nichos para trabalhar, mas não existem atalhos quando o assunto é abrir uma empresa que gere um real valor para os outros.

Como dito acima, para estabelecer uma relação de troca com outra pessoa, você precisa satisfazer as necessidades dela. Do contrário o valor não é percebido pelo cliente e a relação não é estabelecida.

Logo, a terceira pergunta que você deve ser capaz de responder na hora de abrir a sua empresa é:

Tenho capacidade de satisfazer totalmente essa necessidade?

“A satisfação que nosso trabalho nos proporciona é sinal de que soubemos escolhê-lo.” ~ Clarice Lispector (Tweet Isso)

Como satisfazer totalmente o cliente?

Assim como eu, você já deve ter começado um ótimo negócio quase cresceu, mas que patinou depois de um tempo, certo?

Na minha opinião, bons negócios patinam quando o empreendedor que está à frente do negócio não tem “tesão” para tocá-lo.

Vamos supor que você seja programador e perceba que existe um grande número de pessoas com a necessidade de perder peso.

Você identificou uma necessidade comum a muitas pessoas e percebeu que pode atendê-la vendendo um shake produzido por uma empresa ou recomendando um infoproduto de algum especialista no assunto.

Você faz isso durante um tempo com o interesse de montar um negócio sobre esta necessidade, mas vê o negócio patinar depois de alguns meses, algumas vendas e nenhuma motivação (tesão).

O que aconteceu?

Simples, você não alinhou o seu talento e a sua competência ao negócio e acabou frustrado gerando um valor medíocre para seus clientes à frente de um negócio medíocre.

Utilizando o mesmo exemplo acima, vamos supor agora que como programador, você criou um software para celular ou computador que facilita o cumprimento de um programa de perda de peso para seus clientes.

Você disponibiliza esse software na internet, seus clientes pagam um preço por ele e conforme o tempo passa, você faz melhorias no software que aumentam gradativamente a sua base de clientes.

O que aconteceu neste caso (de sucesso)?

Você pegou a mesma necessidade para satisfazê-la utilizando as suas competências e talentos.

Você não tentou passar no vestibular de nutrição ou investindo tempo para estudar sobre um assunto que não domina.

Você simplesmente alinhou aquilo que você já possuía (seus talentos, competências e experiência) à demanda de mercado.

Recapitulando

Três são as perguntas essenciais e fundamentais para você responder na hora de criar uma empresa que realmente gere valor para as outras pessoas:

  • Que valor eu estou gerando para as outras pessoas que torne possível estabelecermos uma relação de troca de valores?
  • Quais as necessidades desse grupo de pessoas para quem eu pretendo gerar valor?
  • Tenho capacidade de satisfazer totalmente essas necessidades?

Muitos empreendedores de primeira viagem buscam atalhos para construir seus negócios investindo em promessas de ganho fácil e rápido que somente dão certo quando conseguem estar alinhadas ao espírito do empreendedor.

É possível criar uma empresa de longo prazo, mesmo que você precise de dinheiro para ontem porque tudo o que você precisa para abrir um negócio é de uma necessidade para ser satisfeita alinhada com o seu estilo de ser.

Você construirá uma solução e gradativamente a melhorará para atender a cada vez mais clientes.

Falarei mais sobre esse assunto em breve aqui no blog. Por hora, é com você.

Responda as três perguntas acima, crie seu plano e toque em frente.



8 Comentários

  1. Oi Marcos pesquisando na internet encontrei o seu blog que achei muito interessante.Tenho um sonho de abrir um negócio na minha cidade que é pequena mas está em grande crescimento.é uma loja de 1,99 sempre que vou em uma cidade maior fico observando como essas lojas tem um grande movimento eu mesma adoro uma .então pensei vou abrir uma que no começo será pequena depois com o tempo vou ampliando ,mas não sei por onde começar, principalmente com relação a compra da mercadoria ,então se puder me ajudar ficarei muito agradecida.

    • Oi Paula. Fique atenta que nesse tipo de negócio o lucro é pequeno e você precisa de um grande volume de vendas para poder faturar o suficiente. Pese bem o potencial de compra da sua região com a capacidade de lucrar neste negócio.

  2. Olá estou pensando em abrir uma loja de fraldas descartáveis e quero saber se é um bom negócio ou devo mudar o foco. ..grata

Comentários não permitidos.