Como organizar a agenda para abrir um negócio enquanto empregado



Qual o maior problema de quem almeja empreender?

Dinheiro, equivocadamente, dirá a maioria.



Tempo, na realidade, é o maior problema de quem deseja empreender.

Aliás, tempo é o maior problema quando queremos fazer qualquer coisa diferente da nossa rotina.

Quando eu era empregado, trabalhava dentro de uma empresa cumprindo horário das 9hs às 18hs e passava 4 horas por dia no trânsito para ir e voltar do trabalho.

Naquele tempo, a programação mental que eu carregava me dizia que eu deveria juntar dinheiro para pedir demissão e consequentemente investir tempo no meu próprio negócio.

Essa percepção mudou no dia em que eu conversei com um colega de trabalho que estava montando um negócio “por fora” de venda de batata frita à noite perto de onde ele morava.

Incrivelmente (para mim pelo menos) nos últimos seis meses ele tinha conseguido trabalhar de dia onde eu também trabalhava e montar o seu negócio próprio sozinho.



Espantado com tamanho poder de realização, o questionei sobre a maneira como ele havia conquistado tal proeza e ele me disse a seguinte frase:

“Tudo é questão do que você decide fazer com o seu tempo.” (Tweet Isso)

Como o negócio de vender batata frita dava mais certo à noite, meu amigo não se preocupou em sair do emprego porque se sentia inseguro a respeito desse novo ramo, mas todos os dias saía de lá para vender batatas fritas na esquina de onde morava.

Conversamos sobre como eu poderia aplicar suas técnicas para produzir os mesmos resultados que ele e abrir o meu próprio negócio enquanto ainda era empregado, chegando aos passos a seguir.

“Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito.” ~ Pitágoras (Tweet Isso)

Tempo é um recurso limitado

O primeiro passo que você tem que dar para organizar a sua agenda e abrir um negócio enquanto empregado é se conscientizar a respeito da limitação do tempo.

Cada um de nós tem apenas 24 horas por dia para fazer atividades e dormir e se o recomendado pelos médicos é dormir pelo menos 8 horas por dia, então cada um de nós tem apenas 16 horas diariamente para se dedicar a algo que não seja isso (trabalhar, estudar, namorar, ver tv, etc.)

Se dessas 16 horas que sobram, nós passamos 9 no trabalho (incluindo horário de almoço) e outras 4 horas no trânsito, você que é bom de matemática já chegou a conclusão de quantas horas por dia sobra, certo?

Sim, diariamente (pelo menos de segunda a sexta-feira) sobra apenas 1 hora para você se dedicar em alguma outra atividade.

Então como montar um negócio com apenas 1 hora por dia?

A maioria das pessoas faria essa conta e diria que é impossível montar algo com apenas 1 hora por dia, mas eu vou lhe mostrar uma conta complementar as que fizemos acima que elucidarão melhor as minhas estratégia e as de meu amigo para você.



“Algo só é impossível até que alguém duvide e acabe provando o contrário.” ~ Einstein (Tweet Isso)

relogio
Na realidade, não me sobrava 1 hora por dia apenas, mas 5 horas todos os dias que é a soma das horas que eu passava no trânsito com a hora que me sobrava da conta anterior.

Além disso, durante o final de semana, confortavelmente eu podia usufruir de 5 horas no sábado e 5 horas no domingo para trabalhar, totalizando 10 horas por final de semana ou 140 horas por mês se somarmos todas as horas do final de semana com as horas disponíveis diariamente.

Se um trabalhador formal passa 168 horas na empresa onde trabalha, eu tinha quase um mês de trabalho extra todos os meses com 22 horas de descanso a cada semana.

Se perdeu na conta?

Descontando as 8 horas de sono do sábado, me sobravam 16 horas onde 5 eram utilizadas para trabalhar no meu projeto, deixando livre 11 horas por dia de final de semana para fazer qualquer outra atividade.

Ou seja, eu tinha um mês extra para trabalhar em algo que eu gostava e 22 horas sobrando por semana para investir em qualquer outra atividade que não fosse trabalho.

“Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas.” ~ Friedrich Nietzsche (Tweet Isso)

Separe as atividades em dois tipos

Na época eu não tinha um melhor nome para o que vou lhe dizer a seguir e hoje continuo não tendo.

Existem as atividades:

  • internas; e as
  • externas.

Ou atividades de introspecção e atividades de produção.

Confesso que eu não fazia nada produtivo/executivo de segunda a sexta-feira porque com esta diminuta hora que sobrava diariamente eu utilizava para escovar os dentes, comer alguma coisa entre outras pequenas tarefas. Só.

Mas com as outras 4 horas que eu tinha por dia (aquelas horas que eu passava no trânsito) eu fazia tarefas de introspeção.

Eu lia e ouvia audiobooks fazendo anotação sobre o conteúdo que consumia e sobre as ideias do que fazer no meu negócio.

Eu também pensava sobre o meu negócio e procurava não ir acompanhado para casa para poder ficar sozinho refletindo sobre minhas estratégias ou simplesmente esvaziar a mente.

Desta forma eu conseguia ler os livros que eu havia me comprometido a ler e fazer apontamentos corrigindo a agenda de execução/produção do final de semana.

Eram nas 10 horas do final de semana que eu realmente produzia.

Criei o site da minha empresa da maneira mais simples possível e também passei a desenvolver coisas para meus clientes da forma mais simples e funcional.

Fazendo isso por três meses eu já tinha meu negócio em pé e estava ganhando quase o que ganhava onde trabalhava, me sentindo bem mais confiante para pedir demissão que no início deste processo.

Identificar e programar que atividades são internas e externas é essencial para que você utilize melhor o tempo que sobra do seu atual emprego para empreender.

Foi dessa forma que eu me comprometi com as minhas metas e que acredito ser possível que você se comprometa com as suas.

“Se quiser derrubar uma árvore na metade do tempo, passe o dobro do tempo amolando o machado.” ~ Provérbio Chinês (Tweet Isso)

Planeje antes de começar

Antes mesmo de começar a executar esse plano, faça um planejamento sério a respeito do que você quer construir, do que você precisa ler e do que você precisa executar para começar a vender seus produtos ou serviços.

A restrição de tempo e dinheiro, irá lhe impulsionar na direção que você deseja se você se comprometer a não esmorecer.

O que inclui:

  • Afastar-se das coisas (pessoas e atividades) que gastam o seu tempo ser lhe dar um retorno alinhado com os seus objetivos.

Entendo que é difícil você ir para casa sozinho ou recusar a oferta daquele chopinho com seus amigos na sexta-feira. Afinal, você dá tão duro no trabalho que merece um descanso, mas pense que você está abdicando de um pequeno prazer hoje para construir algo que te dará muito prazer amanhã.

Sempre existirão os amigos da “bagunça” e os amigos dos “negócios”, assim como também existirão os amigos “verdadeiros” que estarão contigo não importa o que você esteja fazendo.

Infelizmente você vai perder (como eu perdi) muitos “amigos”, mas aí caberá a você decidir em qual grupo deseja ficar: se com aqueles que fazem o que querem ou se com aqueles que fazem o que os outros querem.

“Esqueça o que você fez até ontem porque hoje é o melhor dia para você começar tudo aquilo que sempre desejou começar.” ~ Marcos Rezende (Tweet Isso)



17 Comentários

  1. Muito legal Marcos… foco é a principal ferramenta para nos manter alinhados, mas o mais importante está em onde focar. Algo que sirva para ser lembrado nos melhores e, principalmente, nos piores momentos. Os momentos difíceis passam a ser vistos com bons olhos, momentos de aprendizagem. Ótimo post. Abs

  2. Marcos,

    Novamente me vejo nas linhas de seu post e tenho certeza que muitos se identificam também, mais uma inspiração. Foco.

  3. Marcos,

    Obrigado, faço das minhas palavras as palavras dos meus colegas abaixo. Excelente foco e direcionamento.
    Muito obrigado!

  4. Marcos, tudo bem?

    Tenho muito problema em focar, devo ser sincero… Sou muito organizado com o meu dia a dia, mas sou ruim em planejamento. Planejo e pouco executo, sabe? Este defeito me persegue ano após ano. Acabo fazendo, mas sem comprometimento de meta, de entregar o que me propus no tempo estabelecido e sei que para ser um empreendedor, cumprimento de meta é fundamental. Então, este artigo seu sobre tempo vem muito a calhar e me faz refletir, pois também trabalho fora, pego trânsito e tudo o mais e não saio do lugar quanto a construir meu próprio negócio, apesar de querer muito. Quero, mas está difícil sair do lugar. Acho que é também pela falta de grana pra comprar cursos, investir em campanhas, sistemas de email mkt, etc. Sou corretor de imóveis e estou meses sem vender, nosso mercado está extremamente parado por causa dos altos preços.

    Bom, sempre leio seus artigos e devo dizer que você é uma pessoa que agrega muito em conhecimento e passa sua experiência com muita humildade e clareza. Meus parabéns!

    Grande abraço, Adriano

    • Obrigado pelo comentário Adriano.

      Não fique pensando que o problema é dinheiro, porque não é, beleza?

      O problema é falta de tempo para se olhar e perceber onde pode se ajustar para produzir melhor.

      Em breve publicarei mais artigos sobre este tema para elucidar melhor alguma questão que tenha ficado pendente.

  5. Cada um de nós tem apenas 24 horas por dia para fazer atividades e dormir e se o recomendado pelos médicos é dormir pelo menos 8 horas por dia, então cada um de nós tem apenas 16 horas diariamente para se dedicar a algo que não seja isso (trabalhar, estudar, namorar, ver tv, etc.)

    Se dessas 16 horas que sobram, nós passamos 9 no trabalho (incluindo horário de almoço) e outras 4 horas no trânsito, você que é bom de matemática já chegou a conclusão de quantas horas por dia sobra, certo?

    Sim, diariamente (pelo menos de segunda a sexta-feira) sobra apenas 1 hora para você se dedicar em alguma outra atividade.

    Espera aí com essa matemática: 24 (horas/dia) – 8 (horas sono/dia) = 16 – 9 (horas trabalho/dia) = 7 – 4 (horas trânsito/dia) = 3 horas restantes e não 1 hora.

  6. Muito propício ler este texto no momento atual ao qual estou passando. Obrigado pelas dicas e um grande abraço Marcos!

Comentários não permitidos.