Você trata seus clientes como números porque não quer ter clientes



Não adianta colocar os dados dos pedidos e das compras dos seus clientes em um banco dados ou em um aplicativo CRM se você continua a tratar os seus clientes como números de um gráfico ao invés de pessoas que por alguma razão resolveram fazer negócio com você e comprar os seus serviços ou os seus produtos.

A razão de muitos fracassos nas empresas e até daqueles que prestam serviços como profissionais liberais ou freelancers, está justamente no fato de não compreenderem que na outra ponta do seu negócio existe uma pessoa feita de carne e osso. Além disso, também se esquecem que para crescer em qualquer ramo é preciso que conquistar um a um os seus clientes e não apenas números de metas nos relatórios.



CONQUISTANDO CLIENTES
A primeira preocupação que você deve ter ao começar qualquer negócio não é fechar contratos ou pagar as despesas da empresa. O seu foco deve estar voltado apenas para conquistar um cliente, ou melhor, saber onde os seus clientes estão, ir até lá, e conquistar um a um. Por esse motivo, é fundamental ter uma reserva antes de saltar em direção a construção do seu novo negócio. Conquistar pessoalmente os seus clientes e fazer com que eles se apaixonem por você é o mesmo que se aproximar pessoalmente dos seus clientes e se apaixonar por eles.

TODOS OS CLIENTES SÃO PESSOAS
Parece ser um pouco redundante falar isso, mas é fundamental lembrar que em qualquer negócio, ficamos frente à frente com pessoas. Lidamos com pessoas, motivamos pessoas, melhoramos as vidas das pessoas, ajudamos pessoas. Está totalmente errado esse modelo de classificar as pessoas por faixa etária, por grupos étnicos ou por raças. Tudo errado. O certo é classificar as pessoas uma a uma sabendo que o João, amigo do Mateus, faz compras todos os meses no mercado próximo à sua casa, mas que sofre ao carregar as pesadas bolsas de compras até a sua casa. O certo é classificar o Mateus pela sua maneira única de pintar telas em acrílico e saber que ele tem problemas em divulgar o seu trabalho.

BOCA-A-BOCA: A MELHOR FERRAMENTA DE MARKETING
Quem não sabe que o boca-a-boca é a melhor ferramenta de marketing? E que, como o próprio termo diz, boca-a-boca significa que deve existir duas bocas e que bocas só quem tem são seres humanos e não números. Portanto, conquiste e preserve o seu cliente enxergando-o como uma pessoa igual a você. Ele, com certeza, falará tão bem de você quanto fala daquele filme que viu no cinema ou daquele hotel onde passou as férias. Utilize o boca-a-boca como ferramenta principal do marketing da sua empresa e tenha paciência, pois os resultados virão.

Conquiste uma pessoa e logo atrairá mais pessoas.



3 Comentários

  1. Muito interessante este post! E logo que comecei a ler lembrei de um livro que eu li: O Pequeno Príncipe. No livro ele fala que os adultos perdem a essência que as crianças possuem e só enxergam número! Não tratam mais uns aos outros como pessoas e não são cativantes, delicados e amorosos, tratam como números. E o impacto disso é negativo. E é exatamente isso que acontece com quem não trata seus clientes como deve tratar, tem impacto negativo! Adorei a matéria! 🙂

Comentários não permitidos.